MAR DE MORROS

domingo, 15 de novembro de 2015

PELES VERMELHAS X CARAS PÁLIDAS


Os filmes que assisti, quando criança, envolvendo peles vermelhas versus caras pálidas, os primeiros eram retratados como bandidos e os segundos, como mocinhos. 
Pois bem, ainda menino, não percebia a terrível injustiça dos cineastas estadunidenses em relação aos verdadeiros donos da terra. Acontece que mesmo assim, eu sentia uma grande atração pelos selvagens, nome injusto dado a eles pelo homem branco. Algo me dizia que a verdadeira História não estava sendo contada.
Não deu outra. Na minha adolescência, embora poucas, começaram a surgir películas mostrando que o índio era realmente a grande vítima. Depois, a famosa carta do chefe Sioux ao presidente dos Estados Unidos, levou-me a admirar mais ainda este povo, que foi massacrado covardemente pela cavalaria americana.
Agora, lembrando-me das tabuletas que anunciavam os filmes no cinema da minha terra [Recreio-MG], nos anos 50, entendo porque os índios pareciam ser mais agressivos que os brancos descendentes dos europeus.
Não querendo ser radical, se não existisse a Europa, o mundo seria bem melhor. Digo isso com um certo embasamento, porque sou formado em História. 
Concluindo, esta barbárie ocorrida recentemente na França, jamais teria acontecido.

anibal werneck de freitas. 
  

sábado, 14 de novembro de 2015

AFINAL, QUEM É O PADROEIRO OU A PADROEIRA DE RECREIO(MG)?



Em 1997, eu recebi pelo correio a letra, Acalanto A Jesus Menino-Deus, elaborada pelo ex-padre Mauro de Queiroz, que me pediu para musicá-la. A composição seria executada no dia em que a paróquia faria os seus 100 anos de existência. Pois bem, musiquei a letra, mas a obra não foi aceita, uma pena, porque, modéstia à parte, o nosso trabalho tinha ficado bonito, mas deixa isso pra lá.
A bem da verdade, o que me levou a postar este tema foi mais a questão: Afinal, qual é o padroeiro ou a padroeira de Recreio(MG)?, é o Menino-Deus ou a Nossa Senhora Aparecida?.
Até à volta do padre Higino como pároco da cidade era Menino-Deus, depois passou a ser Nossa Senhora Aparecida. 
Sendo assim, esta situação sempre me incomodou. Gostaria muito de uma resposta taxativa, ficaria muito grato.

anibal werneck de freitas. 

terça-feira, 10 de novembro de 2015

O TALENTO DE RUY GERMELLO


A foto é de 2010, em frente à casa do Ruy Germello que está à minha direita. Nós dois sempre tivemos algo em comum, ou seja, a arte. Devo-lhe muito pelo apoio que sempre me deu. O clip sobre a minha composição, Mineiro-Pau, feito por ele, ficou na história de Recreio(MG), mostrando inusitadamente homens e mulheres batendo pau numa sintonia incrível com a mensagem e a música. 
A ele também devo outro clip, mais recente, elaborado magistralmente pelo seu talento, sobre a canção, Lua Nua, que marcou muito o tempo em que vivi na minha terra natal.
Conheço o Ruy desde quando éramos crianças e de lá pra cá sempre tivemos juntos apesar da distância. A arte sempre nos uniu e ele sempre demonstrou um grande respeito pelo meu trabalho e isso é recíproco.
Ultimamente, estou muito feliz, vendo o companheiro fazendo sucesso no Facebook. Suas fotos, ora do passado, ora do presente, têm rebuscado um Recreio através de um ângulo sem par. Quem sabe, sabe. É realmente um mago, um Merlim do século XXI, como ele se retratou muito bem.
Poderia discernir mais coisas sobre o Ruy, mas eu iria alongar muito o texto. Sendo assim, Ruy, devo deixar bem claro que sempre fui um grande admirador seu. E que o sucesso continue, porque além do excelente ser humano que você é, tenho um grande orgulho de ser seu amigo.

anibal werneck de freitas.

A VIDA PODERIA SER MELHOR

Numa entrevista, o médico Drauzio Varella ficou indignado com a reação da pessoa que lhe perguntou se ele era ateu. A impressão do doutor foi a de que ele, de repente, virou um bandido, quando sua resposta foi, sim. Não sei porque o cristão é tão intolerante num momento em que ele poderia agir como manda o Evangelho, ou seja, aceitando a adversidade do outro. 
Cristo, também, nos mostra a sua preocupação para com o preconceito do religioso, onde, na parábola do Bom Samaritano, um irreligioso socorre uma vítima assaltada por ladrões, ignorada anteriormente por dois tementes à Deus.
Pascal, um grande filósofo da Igreja Católica, dizia que a única diferença que existe entre o cristão e o ateu é, que um, crê e o outro, não. Ambos são seres humanos com defeitos e virtudes.
Eu, particularmente, tenho inveja de quem acredita. Chego até a admirar as pessoas que continuam dando graças à Deus, após sofrerem danos irreparáveis.
Pois bem, desta feita, sou obrigado a dizer que, aqui no Face, eu sinto a indiferença, quando escrevo sobre a minha maneira de pensar. Parece que estou fazendo algo terrível. É realmente
lastimável. Não deveria ser assim. As pessoas poderiam me questionar, mostrando-se mais flexíveis. Afinal, não estou ofendendo ninguém. 
Por outro lado, quero deixar bem claro que não pretendo agradar ninguém dizendo coisas que eu não acredito. A falsidade é a pior coisa que existe. 
Sofrivelmente, o preconceito contra o ateu, segundo pesquisas, está acima dos demais, no mundo todo. Olha, eu esperava mais deste século XXI. Pior, acho que estamos regredindo nesta questão.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

HERR, UNSER HERRSCHER (part 1)



Uma coisa devo confessar. Quando ouço o canto barroco, ele toca o meu ego. Não sei explicar muito bem. Talvez a humildade do homem perante algo mais elevado [Deus] assimilada na música. O próprio som barroco, neste vídeo, de Johann Sebastian Bach, tem qualquer coisa que podemos chamar de divino. Por outro lado, como professor de História, sempre tive uma predileção muito grande pelo século XVIII em se tratando da música sacra casada com a arquitetura das igrejas. Recentemente, estive em Ouro Preto, e fiquei frustrado pelo fato das igrejas estarem fechadas por motivos justos. Situação esta que vem impedindo apresentações dos músicos que cultivam o barroco. Aqui em Juiz de Fora também ocorreu este ano a triste notícia de que não teríamos em julho o costumeiro e famoso Festival de Música Barroca. Deste modo,
espero que 2016 seja melhor nesta parte.

anibal werneck de freitas.

CANTO BARROCO



A música é uma língua universal. Quando ouvia os Beatles e não sabia nada de inglês, eu, praticamente, entendia o espírito da coisa. Sendo assim, eu acho a música soberana. Ela transpõe qualquer tipo de barreira. Ela nos mostra o quanto somos capazes de erigir coisas bonitas. Segundo Schopenhauer, ela [a música] é quase divina, porque só o som pertence ao mundo material.

annibal. 

sábado, 7 de novembro de 2015

THE WALKING DEAD


Não sou Paulo de Tarso e nem tenho a pretensão de sê-lo, quando prego o ateísmo. Acho que apenas me encontro na mesma situação dele quando começou a pregar o Cristianismo. Pouquíssimo davam-lhe ouvidos, mas ele não parava de pregar a Boa Nova, ou seja, a crença num único e verdadeiro Deus. Pois bem, graças a ele, seus ensinamentos hoje são do conhecimento de muitos.
Sua missão não foi fácil. Sofreu perseguições. Em algumas cidades foi apedrejado e ameaçado de morte. Tudo isso porque ele queria acabar com os deuses e colocar apenas um no lugar deles. Apesar de tudo, Paulo percebeu que as pessoas já não davam mais muito crédito aos deuses e isso favoreceu totalmente o seu trabalho.
Pois é, hoje vivemos um tempo bem parecido. As pessoas falam em Deus, mas muitos vivem mais no mundo material que espiritual. Padres e pastores são cantores de sucesso na Som Livre. Viraram artistas usando o nome de Deus e usufruindo dum público que eles não fizeram, ou seja, os fieis de suas igrejas.
No Vaticano a toda hora aparece um escândalo. É notória a ganância de muita gente. Os jornais falam de corrupção o tempo todo e muito desses corruptos vão ao culto ou à missa todos os domingos.
Olha, não sou contra a pessoa ter uma vida boa. Sou contra a máscara de crente que ela usa para se dar bem na sociedade. Portanto, acho que essas pessoas deveriam tirar a máscara e levar uma vida com mais autenticidade.
Não quero com isso dizer que uma vez ateu, você pode fazer o que quer. Não. Existem regras naturais em nossa consciência que nos dizem o que é certo e o que é errado.
Concluindo. Assim como Paulo anunciou a existência de um único Deus. Eu, humildemente, afirmo que a humanidade sempre esteve sozinha. Deuses, Deus, tudo foi criado pelo homem. Nós não podemos contar com o que não passa de uma ideia. Somos os únicos capazes de resolver os nossos problemas.
Quem conhece o seriado, The Walking Dead, sente no filme que a humanidade está sozinha, diante de um problemão sem precedente e Deus parece ignorar o terrível fato de seres humanos se transformando em zumbis. Na verdade, uma mensagem clara do autor, referente à inexistência do todo poderoso. E, não se iluda, se numa hipótese, a série virar realidade, a situação será idêntica, acredite!.

anibal werneck de freitas.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

AS 10 FRASES QUE A MAIORIA ACATA


01 - Que Papai do Céu está lá encima a nos proteger.
02 - Que a vida verdadeira existe depois da morte.
03 - A equipe médica fez o que pôde, mas foi Deus que me salvou.
04 - A cidade toda foi arrasada pelo incêndio, ninguém sobreviveu, mas uma imagem da Virgem ficou intacta, como prova da existência de Deus.
05 - Deus está sempre do lado dos pobres.
06 - O Senhor é o meu pastor, nada me faltará!
07 - Toda pessoa ruim não tem Deus no coração.
08 - Os que não creem em Deus, irão para o Inferno.
09 - Deus sabe de tudo. Até uma folha que cai não lhe passa despercebida.
10 - Somente Deus conhece o futuro.

anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

IMPERFEIÇÃO, NOSSA COMPANHEIRA DE SEMPRE


Viemos da imperfeição. Não conseguimos ser totalmente perfeitos em nada que elaboramos, mesmo que seja com muito carinho. E, como já sabemos, nossa final, após a decrepitude [imperfeição física], acabaremos numa cova apodrecendo até virar pó.
Observe o Universo, tudo o que existe de quase perfeito nele originou-se da imperfeição, melhor dizendo, do caos.
A verdade é que não existe nada terminado. Hoje você vê um prédio bonito e funcional. Num piscar de olhos, ele se torna uma construção ultrapassada. Resultado, acaba sendo demolido. Não existe nada acabado, tudo está por fazer.
Sabemos que tudo caminha para a "perfeição", todavia, nunca chegaremos a ela no sentido exato da palavra.
Veja, por exemplo, a nossa dentição. Por que ela não procede como a nossa unha que quando cai, é sempre substituída por outra?.
Outro exemplo. Ao depararmos com a obra de um grande artista ficamos deslumbrados à primeira vista. Mas se começarmos a observar meticulosamente cada detalhe, começaremos a ver defeitos ali e acolá.
Portanto, meu caro ou minha cara, a imperfeição está sempre presente no antes, no agora e no depois.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

BESLAN -- A ROTA TERMINAL



BESLAN -- A ROTA TERMINAL
(Anibal Werneck de Freitas)

CRIANÇAS DESENCARNADAS NO SANGUE DO FOGO CRUZADO
PAIRADAS NO GINÁSIO DE BESLAN ME DEIXAM BESTIFICADO.
MAIS AINDA AO VER NOS OLHOS DOS REFÉNS ENLOUQUECIDOS
QUE O IMPOSSÍVEL VIROU POSSÍVEL NA ALMA DOS EXCLUÍDOS.

BESLAN... A ROTA TERMINAL! BESLAN... A BESTA INFERNAL!

SÃO IMAGENS PROFÉTICAS E NÃO NOS DEIXARÃO JAMAIS
ESQUECER A AULA DOS MORTOS ESTAMPADA NOS JORNAIS.
INVÓLUCROS DE PLÁSTICO COM CORPOS CALCINADOS
RETRATANDO A QUALIDADE ABSOLUTA DA CRUELDADE.

BESLAN... A ROTA TERMINAL! BESLAN... A LIÇÃO BESTIAL!

OS QUE ABRAÇARAM A CHACINA COM GUIRLANDAS DE EXPLOSIVOS
CERTAMENTE NÃO RECUARÃO DESTES ATOS DESCOMEDIDOS.
ESTES ODIADOS TERRORISTAS NÃO SÃO OS ÚNICOS NA QUESTÃO
SÃO PARCEIROS DE WLADIMIR NA NOVA ONDA DA DESTRUIÇÃO.

BESLAN... A ROTA TERMINAL! BESLAN... O PONTO SEPULCRAL!

NÓS TAMBÉM SOMOS CULPADOS, O QUE NOS LEVA A FALAR
QUE NINGUÉM AINDA OUSOU O BOMBEIRO INCENDIÁRIO PARAR.
A TCHETCHÊNIA HOJE É UM CAMPO DE CONCENTRAÇÃO
A CÉU ABERTO PELO FATO DE QUERER A SUA LIBERTAÇÃO.

BESLAN... A ROTA TERMINAL! BESLAN... A PORTA ABISSAL!
BESLAN... A ROTA TERMINAL! BESLAN... A NOTA DO FINAL!
  • Categoria

  • Licença

    • Licença padrão do YouTube

terça-feira, 3 de novembro de 2015

O MUNDO É AQUI E PONTO FINAL


Quando eu me refiro às coisas que estão fora do alcance dos meus cincos sentidos, elas não passam de pura especulação. Não têm fundamentos empíricos e se baseiam no raciocínio abstrato. É aquela história, eu imagino que sejam assim.
Deste modo, eu prefiro falar de coisas reais. Até porque elas me bastam para viver tranquilamente. Confesso que chego até a pensar que é a maior perda de tempo ficar vasculhando se existe algo além desta vida. Digo isso porque tudo aquilo que nós necessitamos está aqui no nosso mundo.
A única certeza que tenho está na minha frente ao alcance dos meus cinco sentidos. Se eu estou com o dente infeccionado, não adianta rezar, tenho que procurar um dentista que certamente me receitará, amoxicilina, 500 mg., dependendo do caso. Do contrário, vou continuar sentindo dor.
Veja bem, desde menino acompanho pelo noticiário as romarias dos nordestinos pedindo por dias
melhores ao Padre Cícero e no entanto todo ano a seca continua castigando aquele povo infeliz.
Devo concluir que o mundo é aqui e ponto final.

anibal werneck de freitas.

sábado, 31 de outubro de 2015

OS ANIMAIS VEEM COISAS QUE NÃO VEMOS


Eu já explanei este assunto aqui, mas vou repeti-lo.
Em relação ao Deus pessoal dos cristãos, eu sou completamente ateu. Deus pra mim é algo muito mais complexo. Ele está em tudo que existe. Digamos, uma força misteriosa que age naturalmente transformando coisas imperfeitas em perfeitas.
Sou na verdade agnóstico, ou seja, aceito a possibilidade desta energia existir realmente. Agora, aquela história da possibilidade de ver Deus depois da morte, perdoem-me, é simplesmente infantil. Não tem como ver algo infinitamente abrangente.
Existem incontáveis mundos num multi-universo. É cabível a ideia de mundos mais evoluídos ao ponto de atingirem um estágio anímico-espiritual. O que estou querendo proferir é o seguinte: Além do nosso mundo material, existe o espiritual, e, ambos são completamente naturais.
Estou falando a respeito deste assunto para chegar ao fato que me ocorreu recentemente.
Estava eu, sozinho, no meu apartamento e de repente, deparei-me com a minha pincher, Minnie, latindo em direção ao quarto de dispensa, conjugado com a cozinha. Ela me parecia estar vendo alguma coisa. O que me intrigou foi o fato dela latir e recuar ao mesmo tempo. A coisa chegou a tal ponto, que ela deu um pulo violento pra trás, como se algo a tivesse atacado. Depois disso, o silêncio tomou conta do recinto.
Desta maneira, levantei-me e fui em direção ao tal cômodo, que estava com a luz apagada, e na mesma hora, senti um arrepio por todo o corpo. E, deste modo, desejei paz à entidade que supostamente estava ali, dizendo que ela deveria aceitar o plano em que se encontrava.
Depois disso, eu me senti melhor e a cadela, também.
Por isso, acredito que os animais veem coisas que nós não vemos, porque estamos totalmente imbuídos no mundo material por culpa da nossa civilização.

anibal werneck de freitas.

ONDE ESTÃO OS HIPPIES?



Não. Ser simpático ao comunismo e ao ateísmo são duas coisas demais pra maioria das pessoas. Nem precisa necessariamente ser as duas coisas. Não sei o porquê, mas sinto uma rejeição impressionante quando escrevo a respeito. Até parece que todo mundo está satisfeito com o que está aí. A verdade é que ninguém parece gostar de ver a realidade tal como ela é. Digo isso porque quando desenvolvo um tema que nos leva a refletir, a indiferença é quase unânime. Ninguém nem contesta, pelo menos. Enquanto isso, o mundo anda cheio de notícias ruins. A gente percebe claramente que o capitalismo não deu certo. Se você tem alguns bens, acaba vivendo numa prisão, cercada por grades acompanhadas de aparatos de vigilância. Na rua você pode ser assaltado a todo momento. Pergunto: Isto é vida?. Precisamos desenvolver o nosso modo de ver a vida e não dar continuidade ao que está aí. Minha geração surgiu com ideias novas [os hippies], todavia, acabou se entregando à velharia conservadorista que sempre existiu. Vivemos num cada um pra si terrível. Infelizmente, sinto dizer que nós fracassamos. Estamos deixando um mundo para os mais jovens totalmente materialista. A religião que proferimos é apenas uma estampa. Falar que acredita em Deus é muito fácil. Mas agir da maneira como Cristo nos pediu: Largue tudo e me
acompanhe!. Duvido quem faça tal coisa. É com muito pesar que afirmo: Vivemos um mundo de mentiras.

anibal werneck de freitas.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

VOZ & VIOLÃO


Uma voz e um violão é o bastante pra mim. Não que eu queira desprezar uma orquestra inteira. Claro que não. Tudo tem o seu valor. Todavia, o problema está no fato de que a dupla V&V fala mais alto no nosso coração. Pelo menos no meu. Digo isso porque a nossa alma é simples. Ela não gosta muito de coisas complicadas. Quanto mais natural, melhor. É o caso da voz humana que é um instrumento musical perfeito. Uma pessoa cantando à capela [sem o acompanhamento de um instrumento] já é perfeito. Imagine agora esta voz acoplada aos acordes melódicos de um violão. E depois tem mais. O violão é o único instrumento que traduz fielmente o que o cantor está sentindo. Os demais [instrumentos] chegam perto. O cantador quando está com raiva ele mete os dedos com vontade nas cordas do violão e este por sua vez produz um som estridente e perturbador. quando falo do violão eu me refiro à toda a sua família, o banjo, o bandolim, o cavaquinho, o violino, o violão celo, a guitarra, o contrabaixo, a viola, etc, etc, etc... no fundo, todos não passam de um violão diversificado. O violão tem esta particularidade porque ele é o único instrumento que o tocador tem que fazer, também, o som, e, deste modo, ele sai de acordo com o que o tocador está sentindo. Se você não apertar os dedos com vontade nas cordas, o som não sairá. Por isso eu digo que o violão é parte intrínseca de quem toca. Deste modo, devo confessar que Voz e Violão é um casamento perfeito.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

FUTEBOL 10X0 EDUCAÇÃO


Você já parou pra pensar num país onde as notícias sobre a Educação tivessem o mesmo peso das referentes ao futebol. Devo confessar que sempre gostei de futebol, todavia, a quantidade de informações sobre o referido esporte e por demais preocupante. Os donos de Pindorama não querem um povo letrado.
Temos um canal TV Escola, mas tem gente que nem sabe que ele existe. Em todas as repartições públicas só dá a TV Globo. Ela tem a TV Cultura que é mencionada esporadicamente nas suas propagandas.
Enquanto o Brasil continuar imerso no mar da ignorância, ou seja, bombardado pelos comentaristas de futebol, não chegaremos nunca ao primeiro mundo.
Respeito o trabalho deles, porém, como professor aposentado, eu me sinto melhor do que eles. Eu colaborei para a formação de pessoas íntegras e úteis à sociedade, e eles [os comentaristas de futebol], o que vão deixar de importante para os seus ouvintes? E tem mais, eles, [os comentaristas de futebol] estão fazendo uma lavagem cerebral no povo para a elite governar com absoluta tranquilidade.
Se o futebol fosse algo importante para o desenvolvimento de uma nação, nós, brasileiros, seríamos o povo mais importante do planeta.
Sinto dizer isso em relação a todos aqueles que divulgam o futebol de maneira exagerada: Vocês estão perdendo tempo com algo insignificante que não merece estar nas páginas dos livros de História.
Concluindo, reconheço que o futebol traz muita alegria para o povo e deve continuar a existir. A minha briga está na maneira como ele é veiculado. O futebol tem o seu valor, mas não pode ser prioridade.
Um país sério tem a Educação como prioridade. Mirem-se no Japão.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

TRILHOS TORTOS



NÃO VAMOS FICAR  DE BRAÇOS CRUZADOS

Senhores, Prefeito e Vereadores, priorizem a permanência da ferrovia em Recreio(MG). É um caso de vida e morte. Usem a imaginação, criem, por exemplo, um trem para turistas, como o de Ouro Preto à Mariana e vice-versa.
O povo também tem que participar desta causa nobre criando movimentos em prol da continuidade da estrada de ferro em nossa querida cidade. Não podemos esquecer dos ferroviários que deram a vida trabalhando arduamente nas terríveis locomotivas movidas à vapor. Suas mortes não podem ser em vão. Temos que levar em conta todos os ferroviários que criaram os seus filhos através do trabalho duro nos trilhos.
Devemos o crescimento de Recreio à ferrovia, ou seja, a Leopoldina Rail-Way.
Pensando bem, estendo este apelo, também, à todas as cidades interioranas que surgiram com o caminho de ferro.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

A VIDA É A NOSSA ÚNICA CERTEZA


Quando alguém diz que é ateu, a maioria das pessoas se escandaliza. No entanto, muitos crentes vivem uma vida totalmente materialista, preocupando apenas com mesa farta, casa bonita e carro, e, ninguém os recrimina.
Falar que acredita em Deus é muito fácil. O pior é que tem gente que só lembra do Todo Poderoso nas horas difíceis.
Atualmente, o mundo anda praticamente sem Deus. Pega os jornais, por exemplo, e vê se você encontra com facilidade a palavra Deus, isto sem levar em conta as notícias terríveis que assolam o nosso cotidiano.
Não faz muito tempo, o Datena falou pela televisão que as cadeias estavam cheias de ateus. Foram averiguar, resultado, todos os presos acreditavam em Deus. e deste modo o apresentador foi processado, ele ignorava a existência de uma organização ateia no Brasil.
Assim como o negro ou o gay, o ateu é o mais discriminado por religiosos intolerantes, e, por isso mesmo, a vítima [o ateu] pode levar o algoz até para a cadeia.
Concluindo, eu acho o ateu mais coerente que o crente quando se trata da questão de ter uma vida puramente voltada para as coisas terrenas. Afinal, a única certeza que nós temos é a nossa vida aqui. O que virá depois, ficaremos sabendo ou não.

anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

DIA DO PROFESSOR?


Eu poderia começar este artigo comemorando o Dia dos Professores, mas não vou fazer isto não. Prefiro usar esta ocasião para uma reflexão. Reflexão esta que nos leva a abominar a violência que vem acontecendo ultimamente nas escolas. 
Fui professor a vida inteira e nunca vi nenhum aluno agredindo a integridade física do educador. O máximo que acontecia era uma discussão que terminava sempre solucionada da melhor maneira possível.
Pois bem, agora, a violência está  instalada e são três, as razões que a originaram:
1) A partir dos anos 90, os educadores de gabinete passaram a priorizar o Aluno, dando-lhe regalias que tiraram a autoridade do Professor. Antigamente, um discípulo expulso em Recreio(MG), estava também expulso nas escolas do Brasil inteiro. É claro que não queremos isto de volta, mas a coisa funcionava e os mestres eram respeitados;
2) No tempo da palmatória, o educando que fazia arte apanhava na sala de aula e em casa tomava uma bronca dos pais. É evidente que não queremos isto de volta, também. Todavia, a maioria dos pais de hoje passam a mão na cabeça do filho que fez bagunça e ainda por cima recriminam a escola. É demais pro meu gosto.
3) O professor ganha uma miséria que não dá pra comprar casa e carro. Vamos falar a verdade. Em nossa sociedade, quem tem um automóvel sempre discrimina o que não tem. Isto acontece até entre amigos. É a lei do Capitalismo Selvagem.
Portanto, se o Governo não tomar uma atitude nesta questão através do Ministério da Educação, não sei não, o Ensino no país entrará numa crise de proporções gigantescas. É alarmante o número de professores e professoras que estão de licença. Isto sem levar em conta os que estão em estado de pânico. Desculpe-me a expressão, a educação no Brasil está uma merda.
Pois é, como professor aposentado, eu poderia estar aqui comemorando o meu e o nosso dia, mas não tenho como, porque falta-me a coragem de mentir.

anibal werneck de freitas. 

DIA DOS PROFESSORES?


Eu poderia começar este artigo comemorando o Dia dos Professores, mas não vou fazer isto não. Prefiro usar esta ocasião para uma reflexão. Reflexão esta que nos leva a abominar a violência que vem acontecendo ultimamente nas escolas. 
Fui professor a vida inteira e nunca vi nenhum aluno agredindo a integridade física do educador. O máximo que acontecia era uma discussão que terminava sempre solucionada da melhor maneira possível.
Pois bem, agora, a violência está  instalada e são três, as razões que a originaram:
1) A partir dos anos 90, os educadores de gabinete passaram a priorizar o Aluno, dando-lhe regalias que tiraram a autoridade do Professor. Antigamente, um discípulo expulso em Recreio(MG), estava também expulso nas escolas do Brasil inteiro. É claro que não queremos isto de volta, mas a coisa funcionava e os mestres eram respeitados;
2) No tempo da palmatória, o educando que fazia arte apanhava na sala de aula e em casa tomava uma bronca dos pais. É evidente que não queremos isto de volta, também. Todavia, a maioria dos pais de hoje passam a mão na cabeça do filho que fez bagunça e ainda por cima recriminam a escola. É demais pro meu gosto.
3) O professor ganha uma miséria que não dá pra comprar casa e carro. Vamos falar a verdade. Em nossa sociedade, quem tem um automóvel sempre discrimina o que não tem. Isto acontece até entre amigos. É a lei do Capitalismo Selvagem.
Portanto, se o Governo não tomar uma atitude nesta questão através do Ministério da Educação, não sei não, o Ensino no país entrará numa crise de proporções gigantescas. É alarmante o número de professores e professoras que estão de licença. Isto sem levar em conta os que estão em estado de pânico. Desculpe-me a expressão, a educação no Brasil está uma merda.
Pois é, como professor aposentado, eu poderia estar aqui comemorando o meu e o nosso dia, mas não tenho como, porque falta-me a coragem de mentir.

anibal werneck de freitas. 

terça-feira, 13 de outubro de 2015

11 RAZÕES QUE ME FAZEM SEMPRE VOLTAR À DESCRENÇA


01) Se Deus conhece o futuro, por que criou o mundo sabendo das coisas ruins que iriam acontecer?
02) Não faz nenhum sentido racional a ideia de um Deus lá no Céu vigiando suas criaturas na Terra.
03) No século XVIII, Lisboa, a cidade mais carola da Europa, foi totalmente destruída por um terremoto seguido de maremoto.
04) O Oriente Médio, berço das religiões monoteístas, vive constantemente em guerra.
05) Se Deus existisse, o Holocausto não teria acontecido, os judeus chegaram até a questioná-lo.
06) "Deus é uma ideia criada pelo homem para medir a nossa dor". (John Lennon).
07) Se Deus é perfeito e bom, por que permite a existência de pessoas deficientes e ruins?
08) Deus é uma arma usada pelos poderosos para controlar os subalternos.
09) O silêncio profundo de Deus é a prova mais contundente de que ele nunca existiu.
10) A consciência não é a voz de Deus, do contrário, não existiriam as barbaridades.
11) O Livre Arbítrio não existe porque Deus já sabe o que vamos fazer. Sendo assim, ninguém é responsável pelos seus atos.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

UMA GRANDE PALHAÇADA


A Grande Imprensa, que está nas mãos de famílias ricas, vem fazendo de tudo para tirar uma Presidenta do poder que foi eleita pelo povo.
De maneira descarada, chegando ao ponto do desrespeito para com a Dilma, ela [a Grande Imprensa] vem cotidianamente tentando minar o governo através do caso da Lava Jato, como se o PT [partido da situação] fosse o único culpado.
Pois é, como eles [os poderosos] não estão conseguindo muita coisa [com a Lavo Jato], resolveram virar o cano do canhão para a figura do Lula, questionando o seu enriquecimento e ignorando sempre o do rico.
Veja bem, O Globo desta segunda-feira trouxe bem no topo da primeira página: Oposição quer Lulinha na CPI. Requerimento para convocar o filho do Lula, alvo de denúncia, que deve ser analisado esta semana.
Meu caro e minha cara, não estou aqui defendendo ninguém, mas uma coisa é certa, se amanhã o PT deixar de existir, não se iluda, a corrupção vai continuar, porque ela [a corrupção] sempre esteve presente na nossa História. O problema é que antes ela não era investigada, tudo era por debaixo dos panos.
É fácil perceber porque resolveram denegrir a imagem do Lula, eles [os donos] estão com medo dele [o Lula] se candidatar à Presidência da República nas próximas eleições. Digo isto porque o seu carisma é muito forte junto ao povo. Está na cara que a intenção é esta. Eles sabem que o Lula representa uma ameaça muito grande. Do contrário não estariam fazendo esta palhaçada.

anibal werneck de freitas.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

INCONGRUÊNCIAS NAS RELIGIÕES


Não tenho a intenção de derrubar nenhuma religião. Muito pelo contrário. Eu só acho que deveríamos corrigir as incoerências que existem nelas. Veja bem, a Igreja recentemente agiu corretamente abolindo o Limbo. Não faz sentido um lugar propício para as criancinhas que morrem pagãs. Na verdade, os tempos mudaram, e muita coisa neste sentido não funciona mais. O Papa atual, por exemplo, já descartou a ideia de que ele é infalível. Apesar de representar Deus na Terra, é na verdade um homem igual aos demais, ou seja, tem suas virtudes e defeitos.
Só para você ter uma ideia, temos na Bíblia uma quantidade enorme de contradições. Por exemplo, Adão e Eva viveram, segundo o Cristianismo, mais ou menos 4.000 anos antes de Cristo. Iniciando assim a humanidade. Agora veja a incongruência. Neste período, o Egito já era uma civilização fantástica. Segundo os arqueólogos, o homem surgiu cerca de um milhão de anos atrás. Antes dele, existiram os dinossauros, (65 milhões de anos atrás). Está tudo aí comprovado pelos fósseis expostos nos museus. No entanto, a bíblia mostra que no início só existiam Adão e Eva. Depois surgiram os filhos, Caim e Abel. Pois bem, logo de cara, encontramos outra discrepância na história destes dois irmãos. Quando Caim matou Abel, Deus lhe disse: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse. Gênesis 4:15
Por que Deus falou deste jeito se naquela época, segundo a Bíblia, só existia a família de Adão?
Sendo assim, eu acho que as autoridades religiosas competentes deveriam corrigir estas disparidades.
Afinal, não custa nada e não põe em risco a integridade das religiões.
A religião tem que agir como a ciência, ou seja, ter a humildade de reconhecer seus erros.

anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

QUESTIONANDO SEMPRE

O massacre da noite de São Bartolomeu ou a noite de São Bartolomeu, foi um episódio da historia da França na repressão aos protestantes na França pelos reis franceses, que eram católicos. Esses assassinatos aconteceram em 23 e 24 de agosto de 1572, em Paris, no dia de São Bartolomeu.

Não sou o dono da verdade. Como já mencionei, sou um livre pensador. Pois bem, o que me traz a este texto é o seguinte. Sob o meu ponto de vista, eu vejo mais lógica na reencarnação comparando-a com a ressurreição. Veja bem, eu posso ser um espírito encarnado, alguém que já teve outras vidas. Já a ressurreição, fica mais difícil aceitá-la. Imaginar um corpo em estado de putrefação, adquirindo vida, é, realmente, inverosímil.
É neste ponto que vejo a incoerência no Espiritismo em aceitar Jesus como o seu principal guia, uma vez que ele é um ressuscitado. Se fosse um deus, poderíamos dar um desconto. Acontece que para o Espiritismo, a Santíssima Trindade não existe, portanto, Jesus é apenas um ser iluminado.
Mas o problema maior está no fato de que a França do século de Kardec era muito católica e, deste modo, o autor do Livro dos Espíritos, resolveu fechar o seu trabalho na figura de Jesus para dar uma satisfação à Igreja. Do contrário, sua obra não iria adiante. Tamanha era a perseguição dos católicos aos não católicos, imagine o que poderia acontecer a uma doutrina sem uma presença cristã. Basta lembrar da fatídica Noite de São Bartolomeu.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

ANDINHO (PARA SEMPRE)



23 anos sem o Ânderson Panza (para sempre), o amigo e parceiro de viola e festivais de música em Pirapetinga(MG). 
Jovem ainda, partiu de maneira trágica num domingo de 2 de agosto de 1992, num acidente de moto, entre Ribeiro Junqueira e Leopoldina(MG). 
Quando o Celso Lourenço e o Sinval chegaram à minha casa, dando a notícia do seu passamento, infelizmente, eu já sabia do ocorrido, através do meu sobrinho, Eric. 
Foi realmente muito triste. O Andinho, como gostava de ser chamado, cantava e compunha com muito sentimento, era a sua vida, e, por isso mesmo, era muito cortejado pelas garotas, praticamente um galã, todavia, o que fazer, o destino quis assim, e, deste modo, aqui está a minha simples e saudosista homenagem. 
Andinho, onde quer que esteja, valeu!

*Segue a gravação que fiz da música, Primavera Curió, de sua autoria e que fez muito sucesso num dos festivais de Pirapetinga, chamando até a atenção do pároco local, Pe. Waltency.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

TRILHOS TORTOS



O Trem de Ferro foi o meu primeiro susto na vida. Depois virou uma paixão. Tudo começou em Vista Alegre(MG). Eu era ainda um bebê de colo. Minha mãe conta que eu aprontei um berreiro daqueles. Foi mais ou menos assim: Meus pais aproveitavam a parada do trem, numa loja de frente à estação ferroviária. De repente, uma locomotiva estava chegando e foi o bastante para me assustar. Com muito custo, eles conseguiram me calar, com biscoitos e um gatinho de louça.
Daí pra frente, o trem passou a fazer parte dos meus pesadelos. Todavia, o mais interessante é que uma paixão se desenvolveu muito forte em relação a este meio de locomoção. O trem tem qualquer coisa de romântico. Não sei porque, mas sempre me senti assim.
Quando tinha meus quarenta e poucos anos, comecei a ter um pesadelo terrível. Antes de contá-lo devo dizer que os meus sonhos sempre têm continuidade. Apesar da minha incredulidade, parece ser qualquer coisa relacionada às vidas passadas.
Pois bem, contando o pesadelo que prometi acima: Eu me encontrava sempre ensanguentado em meio à uma escuridão tétrica, pedindo por socorro. O interessante era que cada vez que ocorria este pesadelo, aparecia sempre um detalhe a mais. O pesadelo tinha uma sequência assustadora. A escuridão em que eu me encontrava começou a ficar menos espessa e assim passei a perceber que se tratava de um desastre. Nos pesadelos seguintes, comecei a ver a máquina e os carros totalmente deformados. E no meio daquela cena terrível, eu estava sempre ensanguentado e pedindo por socorro, andando com dificuldade entre os destroços. Deste modo, vi um rio que passava perto e na minha frente um vulto. Apavorado, perguntei: Onde estou?. A resposta veio em seguida num som stereo: Em Itaperuna, em Itaperuna!. Acordei assutado e depois disso nunca mais tive este pesadelo.
Agora, quanto à minha paixão pelo trem, eu a confirmo através das inúmeras músicas que eu fiz pra ele. Como prova, aí vai um vídeo de uma composição que relata a morte de um maquinista. 
Algo me diz que tem a ver comigo. São coisas que me deixam um tanto quanto perplexo.
No entanto, hoje, vejo a razão pela qual me assustei com o trem chegando na estação de Vista Alegre. Devido à pouca idade, eu ainda estava sob o impacto da morte, como maquinista, na minha vida anterior. É a única explicação racional que eu tenho.

anibal werneck de freitas.

domingo, 4 de outubro de 2015

O LIVRE PENSAR


Sou um livre pensador. Gostaria que todo mundo fosse assim, também. Se temos um cérebro, significa que ele foi feito para pensar. Eu não me conformo com as pessoas aceitando tudo aquilo que já vem pronto. 
Acredito que muita gente pensa como eu, mas tem medo de sair do armário. 
Admiro aqueles que proferem o que realmente sentem. Num futuro distante, eu acredito que a humanidade estará neste patamar do livre pensar. 
As religiões têm os seus valores no nível social, todavia, pecam na lavagem cerebral. Na verdade, elas não passam de criações do próprio homem. Cada uma tem uma visão diferente da outra.
O mundo evoluiu através do livre pensar. Do contrário, estaríamos ainda descobrindo a roda. 
A natureza está, paulatinamente, sempre evoluindo, porque ela tem a liberdade de se produzir, aleatoriamente. Não existe nada interceptando sua forma livre de ser.

anibal werneck de freitas. 

sábado, 3 de outubro de 2015

OS VENDILHÕES DO TEMPLO



Quando Roberto Carlos lançou a música Jesus Cristo, muita gente meteu o pau. Um absurdo, profanando Jesus, dizia a maioria dos religiosos. Hoje, padres, pastores e outros, ganham dinheiro em nome do mesmo e a situação é inversa. Até a Som Livre entrou na jogada. Sinal de que o negócio está dando muito dinheiro. A verdade é que os vendilhões do templo continuam firmes e fortes.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

O AMOR EXISTE


Assim como todos os animais, o homem só é eterno através da procriação. Mas se ocorrer uma destruição total da Terra, seja pela mão humana ou por uma colisão meteórica gigantesca, deixaremos de existir no Universo como terráqueos. Isto, levando em conta a existência de planetas com vida inteligente.
Não se iluda. Depois da morte não seremos mais. Perdoem-me os que acreditam em espíritos, porque na verdade eles não existem. Se eles fossem uma realidade, muitos autores teriam concluído suas obras inacabadas em vida, através dos médiuns. É fácil perceber que as mensagens do além-túmulo são sempre as mesmas, ou seja, falando que está tudo bem e enviando palavas de conforto aos familiares que ficaram.
Ainda contestando o Espiritismo, pessoas deficientes são erros que ocorrem na natureza e não, espíritos que estão num estado de evolução. 
O Universo aparentemente parece uma obra prima atribuída a um Deus, no entanto, longe de nós, o caos impera, estrelas estão sendo sugadas pelos Buracos Negros e galáxias estão se colidindo em explosões dantescas
Os cientistas, principalmente os ateus, são unânimes quando afirmam que a perfeição vem da imperfeição. O feto, por exemplo, é um ser imperfeito que paulatinamente vai se evoluindo para se tornar um ser perfeito entre aspas, porque o homem do futuro será completamente outro, ou seja, bem mais superior.
Sendo assim, devemos aproveitar cada instante, dizendo, eu existo e isso é tudo e, deste modo, procurar fazer sempre o bem, porque o Amor existe.

anibal werneck de freitas.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

"DEUS É UMA IDEIA"



Tentei forçar a barra quando voltei a acreditar em Deus. Confesso que estava me enganando. Minha boca tinha dito sim, mas o meu eu continuava dizendo não. Passei a me sentir mal e mais ainda com as pessoas que sempre me apoiaram. 
Aquela cena da criança morta na praia me disse tudo. O mundo não coagula com a existência de um ser poderoso. John Lennon estava certo quando escreveu a música God: "Deus é apenas uma ideia pela qual medimos a nossa dor". 
Para o filósofo Hegel, ele só entendia Deus como uma dor divina.
Na Segunda Guerra Mundial, os judeus que passaram pelo Holocausto, chegaram a questionar; "Que Deus é este que nos abandonou".
Por trás de cada ícone de Cristo ou de cada imagem de Buda, o Capitalismo continua com o seu nefasto efeito de tornar os ricos mais ricos e os pobres mais pobres.
Deste modo, quero deixar aqui esta minha posição. Assim como o religioso tem o direito de proclamar sua crença, eu tenho, também, o de evidenciar a minha descrença.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

UM AVISO À IGREJA CATÓLICA


O problema maior da Igreja católica é que ela não acompanha o tempo. Está sempre atrasada em relação a ele. Já estamos em pleno século XXI e ainda não superou os seguintes tópicos:
01) Os padres não podem casar;
02) É contra o aborto em todos os sentidos;
03) A mulher não pode se ordenar sacerdote;
04) Condena a homo-sexualidade;
05) Proíbe qualquer estudo com células-tronco;
06) Não admite a ideia de um Deus imanente;
07) Não se declara abertamente contra a fabricação de armas;
08) Age como um Estado todo poderoso;
09) É a maior concentradora de riquezas em todo o mundo;
10) É moralista ao extremo;
11) É dogmática demais.
Enfim, outros itens poderiam ser abordados, mas, se estes citados, fossem superados, a Igreja estaria dando um grande salto. Infelizmente é o que não estamos percebendo no caminho que o Francisco I está traçando pra ela. Pelo visto, ele está focando mais o aspecto místico. Não sou contra, todavia, priorizá-lo será um grande erro. 
A Igreja está perdendo adeptos no mundo inteiro, principalmente entre os mais humildes. Não sou contra as demais religiões cristãs, mas elas estão engrossando suas fileiras de uma forma vertiginosa.
Por outro lado, a Igreja Católica, além de perder os seus fieis, está com um quadro de padres bastante reduzido e a maioria já passou dos sessenta anos de idade. Segundo estatísticas, a França, dentro de vinte anos, passou de 29 mil padres para apenas 13 mil. 
A Igreja Católica precisa dar uma sacudida enquanto é tempo. Não se iluda, a História está ai pra contar, o Império Romano parecia que ia durar pra sempre e no entanto, desmoronou como um muro apodrecido.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

DEMONIZANDO O LULA


A Folha de S.Paulo de domingo, 20/09/2015, trouxe na terceira página, uma Carta aberta a Lula, escrita pelo seu amigo, Tito Costa, onde ele diz o seguinte, Meu amigo Lula, você perdeu a oportunidade de se tornar o verdadeiro líder de um país ainda em busca de um caminho de prosperidade. A carta foi até anunciada na primeira página do diário da família Frias, para chamar a atenção do leitor. O Lula pode até ser o que está na carta, mas o jornal não lhe deu a chance de se defender, é assim que funciona a forma de fazer política por parte dos poderosos no Brasil. Por que só agora?, medo do Lula ser reeleito Presidente?, por que não publicaram, também,uma carta aberta ao presidenciável Aécio Neves?, ora bolas, pra cima de mim, Como o escândalo da Lava a Jato não está funcionando para o impedimento do mandato da Dilma, agora, estão procurando demonizar o maior representante do povo e de forma vergonhosa e sofrível. A verdade é que a Direita nunca aceitou o povo no poder, vão fazer de tudo para derrubar o PT, o único partido legítimo dos menos favorecidos. Os conchavos partidários prejudicaram muito a Dilma que, por sua vez, deixou de se comunicar com os segmentos populares, todavia, a base petista continua mantendo sua lisura, coisa que a Grande Imprensa ignora propositadamente. Infelizmente, esta é a nossa Pindorama.

anibal werneck de freitas.

sábado, 19 de setembro de 2015

NELSON SEMPRE NELSON




No meu tempo de menino, anos 50, Nelson Gonçalves era sucesso absoluto no rádio.
No estabelecimento do meu pai, Café Sto. Antônio, sua voz ecoava forte e suprema.
Por isso, vale a pena ver este vídeo, onde aparece um Nelson versátil. 
Execrado por aqueles que não o conheceram direito, o cantor não perdeu o seu lugar na História da nossa música.
Hoje, de forma injusta, Nelson anda esquecido pelos meios de comunicação, o que é uma lástima. Mas não tem nada não, basta apenas assistir este vídeo e ver a grandeza deste nosso saudoso artista.
anibal werneck de afreitas

domingo, 13 de setembro de 2015

LA ESTRELLA (ANÍBAL WERNECK / OSCAR ACOSTA)



Através do meu amigo, Gildo, um livro de poemas do autor espanhol, Oscar Acosta, veio parar em minhas mãos. Assim que me deparei com os versos de La Estrella, resolvi musicá-los. Não foi difícil, a melodia já estava pronta. Isto me acontece quando alguma coisa me incomoda. Acredito que a grande intérprete, Mercedes Sosa a gravaria sem pestanejar se estivesse viva. Mas não me importo não, afinal ela [a música] está aí no You Tube pra quem quiser ouvi-la. Sei que você não vai se arrepender. Os versos são de uma profundidade tamanha que por incrível possa parecer, modéstia a parte, consegui criar o clima desejado para a obra. Pena que o autor, se ainda está vivo, não saiba nada a respeito. Todavia, sei que ele vai assinar embaixo ao ouvi-la. O problema. é que não sou famoso e isso cria uma barreira natural. Todavia, acredito que a coisas estão mudando para melhor com a Internet. Já tenho conseguido em algumas composições minhas, mais de 2000 visualizações sem a ajuda de nenhum órgão divulgador [tirando o You Tube]. Deste modo, conto com a sua boa vontade de curtir, La Estrella.

anibal werneck de fretas.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

A MORTE DE VICTOR JARA



A morte deste cantor chileno me incomodou tanto que resolvi musicar seus últimos versos escritos a um dia antes de sua partida, como vocês sabem, assim como o Brasil, o Chile passou também por uma vergonhosa ditadura, e, como se não bastasse, nosso bravo cantante, Victor Jara, depois de morto covardemente, seus braços foram arrancados e colocados juntos ao seu corpo que jazia ao lado do seu violão, não preciso dizer mais nada sobre tamanha maldade e o que me deixa triste é saber que existem pessoas que pensam na volta de um governo fardado, nesta hora eu vejo que Nietzsche tinha razão quando disse, "O macaco é um animal demasiadamente simpático para que o homem descenda dele"

anibal werneck de freitas..

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

100 ANOS SE ESTIVESSE AQUI


Se o meu pai, Antonio Hygino de Freitas,estivesse no meio de nós, hoje estaria fazendo 100 anos de idade, faleceu aos 95, quer dizer, viveu bastante, mas a saudade ficou e nós não aceitamos a morte, e, para amenizar a perda, falamos na sua presença espiritual, todavia, a física é a que nos interessa de fato, a bem da verdade, gostaríamos dele aqui em carne e osso para comemorar esta magnífica data, infelizmente, não podemos fazer nada, portanto, resta-nos respeitar sua memória, ou seja, a de um homem que nos ensinou a não enganar as pessoas, a ter responsabilidade para com os compromissos assumidos, a lutar com dignidade, a enfrentar com coragem os problemas do dia a dia, a buscar no sorriso sempre uma forma de contornar as dificuldades, a ser, principalmente, gente, pois é, olhando por este ângulo, nem tudo está perdido, porque o seu legado, realmente, preenche bastante o vazio que ele nos deixou.

anibal werneck de freitas.

sábado, 27 de junho de 2015

O ÚLTIMO TREM (Anibal, Armando e Lenira)



Esta música registra o último trem de passageiros que saiu de Recreio(MG), numa segunda-feira de 1983, deixando para trás trilhos da saudade, a cidade nunca foi a mesma depois deste triste acontecimento, o trabalho dos ferroviários que viveram e morreram parece que foi em vão, e, no lugar dele ficou apenas a dor.


O ÚLTIMO TREM - 2

(Anibal - Armando e Lenira)

Dói, dor doída / A Maria, a Maria,
Ma-ri-a / Virou fumaça.
E a fumaça / Da Maria, da Maria,
Ma-ri-a / Virou saudade.

Toda garbosa e imponente / Lá vai Maria Fumaça
Deixando saudade e alegria / Em toda estação que passa.
O apito como um gemido / Fagulhas da chaminé
Queimando a roupa dos passageiros / Fornalha, sabe como é.

Dói, dor doída / A Maria, a Maria,
Ma-ri-a / Virou fumaça.
E a fumaça / Da Maria, da Maria,
Ma-ri-a / Virou saudade.

Caldeira sempre sedenta / Subida, está chovendo
Se não jogar areia nos trilhos / Desliza não fica movendo.
Agora ela aposentou / Encanto em desencanto
Dona Leopoldina se acabou / Foguista se fez em pranto.

Dói, dor doída / A Maria, a Maria,
Ma-ri-a / Virou fumaça.
E a fumaça / Da Maria, da Maria,
Ma-ri-a / Virou saudade.

Tristeza na Estação Recreio / Adeus ao último trem
Que partiu numa segunda-feira / Em mil novecentos e oitenta e três.

Dói, dor doída / A Maria, a Maria,
Ma-ri-a / Virou fumaça.
E a fumaça / Da Maria, da Maria,
Ma-ri-a / Virou saudade.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

INSTANTE MÁGICO


No momento em que estou escrevendo uma canção, eu sinto que estou conectado a algo que não sei como explicar, uma firmeza toma conta de mim e sei que o resultado será positivo, é realmente um instante mágico que parece não depender de mim porque ele simplesmente acontece, e, o mais interessante, é que depois de concluído o trabalho, eu me assusto com o resultado e me pergunto, será que sou realmente o autor?

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 9 de junho de 2015

ISTO NÃO ESTÁ CERTO



Uma situação: minha mulher levou ao sapateiro uma correia do filho para ser furada três vezes e ficou estupefata porque não lhe foi cobrada nada pelo serviço.
Outra situação: o músico sai com o seu instrumento que lhe custou o olho da cara e toca de graça para o dono do bar ganhar dinheiro e  ninguém fica estupefato com isso.
Última situação: estou simplesmente estupefato com tudo isso.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

MOTIVO - (EU CANTO) - FAGNER - (1978)



O jovem tem o tempo pela frente, já o velho o tem atrás, por isso devemos aproveitá-lo o máximo que pudermos, independente de crença ou descrença, porque o instante é a nossa única certeza.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 26 de maio de 2015

BESLAN -- A ROTA TERMINAL / anibal werneck de freitas /



Tudo aquilo que me incomoda, eu procuro registrar em música, porque ela é por excelência a arte de maior alcance na divulgação de um fato, sendo assim, aí está, BESLAN - A Rota Terminal, uma composição que fiz sobre a tragédia ocorrida numa escola russa, no dia 3 de setembro de 2004, tragédia esta, provocada pelo Governo Vladimir Putin, que está sempre colocando o Estado acima de vidas humanas.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

quarta-feira, 4 de março de 2015

PENSE

pense em você
pense no quarto
pense na casa
pense na rua
pense no quarteirão
pense no bairro
pense na cidade
pense no estado
pense na região
pense no país
pense no continente
pense no planeta
pense no sistema solar
pense na galáxia
pense no universo
pense no infinito
pense em você.

anibal.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

RONALDINHO

Quem conviveu com ele sabe muito bem quem foi o saudoso Ronaldo Ferraz, o Ronaldinho. Foi uma honra e um privilégio ter convivido com ele. Dono de uma personalidade marcante, Ronaldinho não se deixava dominar pela sua aparência física bastante limitada. Vítima de uma terrível moléstia que prejudicou o seu crescimento e a articulação óssea, viveu a vida intensamente como se nada disso o atrapalhasse, foi na verdade uma lição para todos nós.
Na foto abaixo, ele está em pleno palco da V Exposição Agropecuária de Recreio, em 1983, declamando os seus textos que ilustravam as minhas apresentações musicais. Bons tempos aqueles em que fazíamos da arte uma maneira de manifestar a nossa visão de mundo. Vivi realmente bons momentos ao lado deste companheiro inesquecível que conheci no antigo Ginásio de Recreio, eu era professor e ele um aluno, muito inteligente, que ajudava muito na secretaria com suas ponderações sábias e precisas. Ronaldinho foi um fenômeno e, tal qual um cometa, passou muito rápido pela vida daqueles que o conheceram. Embora eu não creia, torço para que ele esteja num lugar que ele certamente merece. Ronaldinho, você passou, mas a sua presença marcou.





















anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

ANIBAL & ANTONIO ARMINDO - 1976


vasculhando o meu arquivo, descobri uma fita k-7, gravada em 1976, eis aí a razão importante pela qual devemos guardar nossos registros para depois fazer uma avaliação sobre eles, fazendo com que se tornem sempre presentes.
à base de voz e violão, eu canto as músicas que fiz de parceria com o antonio armindo que usava na ocasião o pseudônimo de armindo de castro.
LSD FEMININO é a primeira música que trata a respeito das drogas, tão comuns entre os jovens, embora a letra não se refere propriamente ao entorpecente e sim, à mulher.
as demais canções da fita: REFLETINDO, CONCLUINDO, SIM, DIVAGANDO, O QUE SERÁ DO EMBRIÃO?, DA JANELA..., PRA VOCÊ, MEU VELHO!, A PEÇA, INFÂNCIA, NÓS, EI, ESPERE!, EPITÁFIO NO PARTICÍPIO PRESENTE, o autor da letra (armindo de castro) faz uma autobiografia, retratando-a com outras palavras.
já em, LENA, DA JANELA DO PAPA e O ÚLTIMO TREM, ele faz uma crítica histórica e filosófica, buscando sempre respostas.
esta fita está estruturada nas letras do armindo de castro, hoje, armindo torres, musicadas por mim.
na capa da fita k-7, estão eu e o antonio armindo, em plena juventude.
anibal werneck de freitas.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

SOMBUQUE 50 - O ÚLTIMO? - ANIBAL WERNECK - 2012, 2013, 2014 e 2015
















2012, 2013, 2014 e 2015, anos difíceis ainda sentindo muito a falta do meu pai, mesmo assim consegui fazer duas músicas que me chamaram a atenção, QUE DEUS É ESTE?, onde intensifico a minha incredulidade questionando a escravatura nas Minas Gerais do ouro, e, ESTADIO CHILE, letra do cantor revolucionário Victor Jara que morreu tragicamente na ditadura chilena que gostei e musiquei, quanto às demais, não tenho nada a dizer.
Será realmente o último álbum?, pelo visto creio que sim, tudo tem o seu limite e, ultimamente, as coisas têm ficado muito difícil, tenho encontrado muita dificuldade para conseguir um espaço para tocar, não sei se isso tem a ver com a minha idade, vivemos numa sociedade preconceituosa, o ser humano não evoluiu o bastante, creio que nem vai evoluir o suficiente para se tornar um ser iluminado, as pessoas estão muito apegadas ao novo, o velho já era, deveria ser o contrário, a qualidade por sua vez deixa a desejar, não importa, o que importa é o novo e, deste jeito, caminha a humanidade, infelizmente, a maioria pensa deste modo, por isso dou muita credibilidade à frase, 'a maioria é burra', se eu entrar num recinto lotado de gente, 99% não é coisa boa, na época de galileu apenas uma minoria ínfima acreditava que a terra não era plana, até hoje tem muita gente que não acredita que o homem pisou na lua, é isso aí.

O ÚLTIMO? - ÁLBUM MUSICAL 50:

479 - QUE DEUS É ESTE? (anibal werneck de freitas)
480 - LEMBRANÇAS 2 (anibal - armando - lenira)
481 - DESEJO E ALMEJO (anibal werneck de freitas)
482 - TOLO DEMAIS (anibal werneck de freitas)
483 - ESTÁDIO CHILE (anibal werneck - victor jara)
484 - OLHE PRA MIM (anibal werneck de freitas)
485 - A PEDAGOGIA DO AÇO (anibal werneck - pedro casaldáliga
486 - TANTUM ERGO SACRAMENTUM (melodia de anibal)
487 - O GUERREIRO DENTRO EM MIM (anibal w. f.)

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

AOS MEUS AMIGOS: OS SELENITAS - 1967




















AOS MEUS AMIGOS: OS SELENITAS, meu segundo álbum musical, do ano de 1967, gravado em fita K-7, no dia 4 de fevereiro de 1983, em Recreio(MG). Como o título indica, foi uma homenagem ao conjunto de yé, yé, yé, que fez o maior sucesso na ocasião em que as composições foram feitas. A sede do Recreio E. C. ficava sempre lotada nas apresentações. Entre as músicas da Jovem Guarda, três composições minhas eram também executadas: Não Encontrei, Gato Branco e Por Ti. A última era de parceria com o Sílvio César e foi o maior sucesso, todo mundo sabia cantá-la.
Os Selenitas tiveram três formações: Anibal (baixo), Sebastião (base), Roberto (bateria) José Rosa (solo) e o saudoso Julinho (gaita). Depois: Antônio Dias substituiu o José Rosa. Finalmente: Anibal (baixo), Sebastião (solo), Roberto (bateria) e Theotônio (base).
Na foto abaixo, da esquerda para a direita: Sebastião, José Rosa, Anibal e Roberto.













AOS MEUS AMIGOS: OS SELENITAS - 1967:

012 - EU NASCI PRA TE AMAR (balada).
013 - TUCANLINO E SUA VALSINHA (valsa).
014 - GATO BRANCO (yé, yé, yé).
015 - ONDA DE LASCAR (yé, yé, yé).
016 - QUANDO VOCÊ PASSAVA NO BLOCO DE FANTASIA (samba).
017 - ECILA (balada).
018 - MEU MUNDO PEQUENINO (marcha).
019 - ALICE, SOMENTE ALICE (baião).
020 - MAIS PENSO, MAIS SOFRO (balada).
021 - SEMPRE QUE VEJO VOCÊ (balada).
022 - SOU QUADRADÃO (yé, yé, yé).
023 - TUCANLINO, O DETETIVE (valsa).
024 - NÃO CORRA MEU BENZINHO DE LAMBRETA (yé, yé, yé).

*Todas as músicas são de minha autoria.

anibal werneck de freitas.

sábado, 3 de janeiro de 2015

ONDA MUI JOVEM - 1965/1966














Tudo começou em 1965 quando compus a minha primeira música, um samba chamado, OS FAVELADOS. Uma música de cunho social que contestava, AVE MARIA NO MORRO, de Herivelto Martins, na qual dizia, "Pois quem mora lá no morro/ Já vive pertinho do céu". Digo isso porque em, Os Favelados, registrei: Pois quem vive no morro/ Não vive pertinho do céu.
Sendo assim, nos anos de 1965 e 1966, montei uma coleção intitulada, ONDA MUI JOVEM, mesclando samba, balada e yé,yé,yé. As composições foram gravadas numa fita K-7, em 31 de janeiro de 1983, em Recreio(MG), como o meu primeiro álbum. Na ocasião começaram a surgir gravadores portáteis facilitando assim o trabalho. As composições musicas também estão registradas em partituras com cifras para violão e gráficos para toni cítara.

ONDA MUI JOVEM - 1965/1966

001 - OS FAVELADOS*
002 - PENSAMENTO*
003 - A IDA*
004 - NÃO ENCONTREI!*
005 - QUERIDA*
006 - HISTÓRIA TRISTE*
007 - JANGADEIRO*
008 - NESTA ONDA EU NÃO CAIO*
009 - QUEM AMA NÃO FALA*
010 - É NATAL, NATAL, NATAL!*
011 - SAUDADE NÃO EXISTE?*

* Todas as músicas foram gravadas no sentido Voz e Violão pelo autor.