MAR DE MORROS

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

A MORTE DE VICTOR JARA



A morte deste cantor chileno me incomodou tanto que resolvi musicar seus últimos versos escritos a um dia antes de sua partida, como vocês sabem, assim como o Brasil, o Chile passou também por uma vergonhosa ditadura, e, como se não bastasse, nosso bravo cantante, Victor Jara, depois de morto covardemente, seus braços foram arrancados e colocados juntos ao seu corpo que jazia ao lado do seu violão, não preciso dizer mais nada sobre tamanha maldade e o que me deixa triste é saber que existem pessoas que pensam na volta de um governo fardado, nesta hora eu vejo que Nietzsche tinha razão quando disse, "O macaco é um animal demasiadamente simpático para que o homem descenda dele"

anibal werneck de freitas..

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

100 ANOS SE ESTIVESSE AQUI


Se o meu pai, Antonio Hygino de Freitas,estivesse no meio de nós, hoje estaria fazendo 100 anos de idade, faleceu aos 95, quer dizer, viveu bastante, mas a saudade ficou e nós não aceitamos a morte, e, para amenizar a perda, falamos na sua presença espiritual, todavia, a física é a que nos interessa de fato, a bem da verdade, gostaríamos dele aqui em carne e osso para comemorar esta magnífica data, infelizmente, não podemos fazer nada, portanto, resta-nos respeitar sua memória, ou seja, a de um homem que nos ensinou a não enganar as pessoas, a ter responsabilidade para com os compromissos assumidos, a lutar com dignidade, a enfrentar com coragem os problemas do dia a dia, a buscar no sorriso sempre uma forma de contornar as dificuldades, a ser, principalmente, gente, pois é, olhando por este ângulo, nem tudo está perdido, porque o seu legado, realmente, preenche bastante o vazio que ele nos deixou.

anibal werneck de freitas.