MAR DE MORROS

sábado, 31 de outubro de 2015

OS ANIMAIS VEEM COISAS QUE NÃO VEMOS


Eu já explanei este assunto aqui, mas vou repeti-lo.
Em relação ao Deus pessoal dos cristãos, eu sou completamente ateu. Deus pra mim é algo muito mais complexo. Ele está em tudo que existe. Digamos, uma força misteriosa que age naturalmente transformando coisas imperfeitas em perfeitas.
Sou na verdade agnóstico, ou seja, aceito a possibilidade desta energia existir realmente. Agora, aquela história da possibilidade de ver Deus depois da morte, perdoem-me, é simplesmente infantil. Não tem como ver algo infinitamente abrangente.
Existem incontáveis mundos num multi-universo. É cabível a ideia de mundos mais evoluídos ao ponto de atingirem um estágio anímico-espiritual. O que estou querendo proferir é o seguinte: Além do nosso mundo material, existe o espiritual, e, ambos são completamente naturais.
Estou falando a respeito deste assunto para chegar ao fato que me ocorreu recentemente.
Estava eu, sozinho, no meu apartamento e de repente, deparei-me com a minha pincher, Minnie, latindo em direção ao quarto de dispensa, conjugado com a cozinha. Ela me parecia estar vendo alguma coisa. O que me intrigou foi o fato dela latir e recuar ao mesmo tempo. A coisa chegou a tal ponto, que ela deu um pulo violento pra trás, como se algo a tivesse atacado. Depois disso, o silêncio tomou conta do recinto.
Desta maneira, levantei-me e fui em direção ao tal cômodo, que estava com a luz apagada, e na mesma hora, senti um arrepio por todo o corpo. E, deste modo, desejei paz à entidade que supostamente estava ali, dizendo que ela deveria aceitar o plano em que se encontrava.
Depois disso, eu me senti melhor e a cadela, também.
Por isso, acredito que os animais veem coisas que nós não vemos, porque estamos totalmente imbuídos no mundo material por culpa da nossa civilização.

anibal werneck de freitas.

ONDE ESTÃO OS HIPPIES?



Não. Ser simpático ao comunismo e ao ateísmo são duas coisas demais pra maioria das pessoas. Nem precisa necessariamente ser as duas coisas. Não sei o porquê, mas sinto uma rejeição impressionante quando escrevo a respeito. Até parece que todo mundo está satisfeito com o que está aí. A verdade é que ninguém parece gostar de ver a realidade tal como ela é. Digo isso porque quando desenvolvo um tema que nos leva a refletir, a indiferença é quase unânime. Ninguém nem contesta, pelo menos. Enquanto isso, o mundo anda cheio de notícias ruins. A gente percebe claramente que o capitalismo não deu certo. Se você tem alguns bens, acaba vivendo numa prisão, cercada por grades acompanhadas de aparatos de vigilância. Na rua você pode ser assaltado a todo momento. Pergunto: Isto é vida?. Precisamos desenvolver o nosso modo de ver a vida e não dar continuidade ao que está aí. Minha geração surgiu com ideias novas [os hippies], todavia, acabou se entregando à velharia conservadorista que sempre existiu. Vivemos num cada um pra si terrível. Infelizmente, sinto dizer que nós fracassamos. Estamos deixando um mundo para os mais jovens totalmente materialista. A religião que proferimos é apenas uma estampa. Falar que acredita em Deus é muito fácil. Mas agir da maneira como Cristo nos pediu: Largue tudo e me
acompanhe!. Duvido quem faça tal coisa. É com muito pesar que afirmo: Vivemos um mundo de mentiras.

anibal werneck de freitas.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

VOZ & VIOLÃO


Uma voz e um violão é o bastante pra mim. Não que eu queira desprezar uma orquestra inteira. Claro que não. Tudo tem o seu valor. Todavia, o problema está no fato de que a dupla V&V fala mais alto no nosso coração. Pelo menos no meu. Digo isso porque a nossa alma é simples. Ela não gosta muito de coisas complicadas. Quanto mais natural, melhor. É o caso da voz humana que é um instrumento musical perfeito. Uma pessoa cantando à capela [sem o acompanhamento de um instrumento] já é perfeito. Imagine agora esta voz acoplada aos acordes melódicos de um violão. E depois tem mais. O violão é o único instrumento que traduz fielmente o que o cantor está sentindo. Os demais [instrumentos] chegam perto. O cantador quando está com raiva ele mete os dedos com vontade nas cordas do violão e este por sua vez produz um som estridente e perturbador. quando falo do violão eu me refiro à toda a sua família, o banjo, o bandolim, o cavaquinho, o violino, o violão celo, a guitarra, o contrabaixo, a viola, etc, etc, etc... no fundo, todos não passam de um violão diversificado. O violão tem esta particularidade porque ele é o único instrumento que o tocador tem que fazer, também, o som, e, deste modo, ele sai de acordo com o que o tocador está sentindo. Se você não apertar os dedos com vontade nas cordas, o som não sairá. Por isso eu digo que o violão é parte intrínseca de quem toca. Deste modo, devo confessar que Voz e Violão é um casamento perfeito.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

FUTEBOL 10X0 EDUCAÇÃO


Você já parou pra pensar num país onde as notícias sobre a Educação tivessem o mesmo peso das referentes ao futebol. Devo confessar que sempre gostei de futebol, todavia, a quantidade de informações sobre o referido esporte e por demais preocupante. Os donos de Pindorama não querem um povo letrado.
Temos um canal TV Escola, mas tem gente que nem sabe que ele existe. Em todas as repartições públicas só dá a TV Globo. Ela tem a TV Cultura que é mencionada esporadicamente nas suas propagandas.
Enquanto o Brasil continuar imerso no mar da ignorância, ou seja, bombardado pelos comentaristas de futebol, não chegaremos nunca ao primeiro mundo.
Respeito o trabalho deles, porém, como professor aposentado, eu me sinto melhor do que eles. Eu colaborei para a formação de pessoas íntegras e úteis à sociedade, e eles [os comentaristas de futebol], o que vão deixar de importante para os seus ouvintes? E tem mais, eles, [os comentaristas de futebol] estão fazendo uma lavagem cerebral no povo para a elite governar com absoluta tranquilidade.
Se o futebol fosse algo importante para o desenvolvimento de uma nação, nós, brasileiros, seríamos o povo mais importante do planeta.
Sinto dizer isso em relação a todos aqueles que divulgam o futebol de maneira exagerada: Vocês estão perdendo tempo com algo insignificante que não merece estar nas páginas dos livros de História.
Concluindo, reconheço que o futebol traz muita alegria para o povo e deve continuar a existir. A minha briga está na maneira como ele é veiculado. O futebol tem o seu valor, mas não pode ser prioridade.
Um país sério tem a Educação como prioridade. Mirem-se no Japão.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

TRILHOS TORTOS



NÃO VAMOS FICAR  DE BRAÇOS CRUZADOS

Senhores, Prefeito e Vereadores, priorizem a permanência da ferrovia em Recreio(MG). É um caso de vida e morte. Usem a imaginação, criem, por exemplo, um trem para turistas, como o de Ouro Preto à Mariana e vice-versa.
O povo também tem que participar desta causa nobre criando movimentos em prol da continuidade da estrada de ferro em nossa querida cidade. Não podemos esquecer dos ferroviários que deram a vida trabalhando arduamente nas terríveis locomotivas movidas à vapor. Suas mortes não podem ser em vão. Temos que levar em conta todos os ferroviários que criaram os seus filhos através do trabalho duro nos trilhos.
Devemos o crescimento de Recreio à ferrovia, ou seja, a Leopoldina Rail-Way.
Pensando bem, estendo este apelo, também, à todas as cidades interioranas que surgiram com o caminho de ferro.

anibal werneck de freitas.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

A VIDA É A NOSSA ÚNICA CERTEZA


Quando alguém diz que é ateu, a maioria das pessoas se escandaliza. No entanto, muitos crentes vivem uma vida totalmente materialista, preocupando apenas com mesa farta, casa bonita e carro, e, ninguém os recrimina.
Falar que acredita em Deus é muito fácil. O pior é que tem gente que só lembra do Todo Poderoso nas horas difíceis.
Atualmente, o mundo anda praticamente sem Deus. Pega os jornais, por exemplo, e vê se você encontra com facilidade a palavra Deus, isto sem levar em conta as notícias terríveis que assolam o nosso cotidiano.
Não faz muito tempo, o Datena falou pela televisão que as cadeias estavam cheias de ateus. Foram averiguar, resultado, todos os presos acreditavam em Deus. e deste modo o apresentador foi processado, ele ignorava a existência de uma organização ateia no Brasil.
Assim como o negro ou o gay, o ateu é o mais discriminado por religiosos intolerantes, e, por isso mesmo, a vítima [o ateu] pode levar o algoz até para a cadeia.
Concluindo, eu acho o ateu mais coerente que o crente quando se trata da questão de ter uma vida puramente voltada para as coisas terrenas. Afinal, a única certeza que nós temos é a nossa vida aqui. O que virá depois, ficaremos sabendo ou não.

anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

DIA DO PROFESSOR?


Eu poderia começar este artigo comemorando o Dia dos Professores, mas não vou fazer isto não. Prefiro usar esta ocasião para uma reflexão. Reflexão esta que nos leva a abominar a violência que vem acontecendo ultimamente nas escolas. 
Fui professor a vida inteira e nunca vi nenhum aluno agredindo a integridade física do educador. O máximo que acontecia era uma discussão que terminava sempre solucionada da melhor maneira possível.
Pois bem, agora, a violência está  instalada e são três, as razões que a originaram:
1) A partir dos anos 90, os educadores de gabinete passaram a priorizar o Aluno, dando-lhe regalias que tiraram a autoridade do Professor. Antigamente, um discípulo expulso em Recreio(MG), estava também expulso nas escolas do Brasil inteiro. É claro que não queremos isto de volta, mas a coisa funcionava e os mestres eram respeitados;
2) No tempo da palmatória, o educando que fazia arte apanhava na sala de aula e em casa tomava uma bronca dos pais. É evidente que não queremos isto de volta, também. Todavia, a maioria dos pais de hoje passam a mão na cabeça do filho que fez bagunça e ainda por cima recriminam a escola. É demais pro meu gosto.
3) O professor ganha uma miséria que não dá pra comprar casa e carro. Vamos falar a verdade. Em nossa sociedade, quem tem um automóvel sempre discrimina o que não tem. Isto acontece até entre amigos. É a lei do Capitalismo Selvagem.
Portanto, se o Governo não tomar uma atitude nesta questão através do Ministério da Educação, não sei não, o Ensino no país entrará numa crise de proporções gigantescas. É alarmante o número de professores e professoras que estão de licença. Isto sem levar em conta os que estão em estado de pânico. Desculpe-me a expressão, a educação no Brasil está uma merda.
Pois é, como professor aposentado, eu poderia estar aqui comemorando o meu e o nosso dia, mas não tenho como, porque falta-me a coragem de mentir.

anibal werneck de freitas. 

DIA DOS PROFESSORES?


Eu poderia começar este artigo comemorando o Dia dos Professores, mas não vou fazer isto não. Prefiro usar esta ocasião para uma reflexão. Reflexão esta que nos leva a abominar a violência que vem acontecendo ultimamente nas escolas. 
Fui professor a vida inteira e nunca vi nenhum aluno agredindo a integridade física do educador. O máximo que acontecia era uma discussão que terminava sempre solucionada da melhor maneira possível.
Pois bem, agora, a violência está  instalada e são três, as razões que a originaram:
1) A partir dos anos 90, os educadores de gabinete passaram a priorizar o Aluno, dando-lhe regalias que tiraram a autoridade do Professor. Antigamente, um discípulo expulso em Recreio(MG), estava também expulso nas escolas do Brasil inteiro. É claro que não queremos isto de volta, mas a coisa funcionava e os mestres eram respeitados;
2) No tempo da palmatória, o educando que fazia arte apanhava na sala de aula e em casa tomava uma bronca dos pais. É evidente que não queremos isto de volta, também. Todavia, a maioria dos pais de hoje passam a mão na cabeça do filho que fez bagunça e ainda por cima recriminam a escola. É demais pro meu gosto.
3) O professor ganha uma miséria que não dá pra comprar casa e carro. Vamos falar a verdade. Em nossa sociedade, quem tem um automóvel sempre discrimina o que não tem. Isto acontece até entre amigos. É a lei do Capitalismo Selvagem.
Portanto, se o Governo não tomar uma atitude nesta questão através do Ministério da Educação, não sei não, o Ensino no país entrará numa crise de proporções gigantescas. É alarmante o número de professores e professoras que estão de licença. Isto sem levar em conta os que estão em estado de pânico. Desculpe-me a expressão, a educação no Brasil está uma merda.
Pois é, como professor aposentado, eu poderia estar aqui comemorando o meu e o nosso dia, mas não tenho como, porque falta-me a coragem de mentir.

anibal werneck de freitas. 

terça-feira, 13 de outubro de 2015

11 RAZÕES QUE ME FAZEM SEMPRE VOLTAR À DESCRENÇA


01) Se Deus conhece o futuro, por que criou o mundo sabendo das coisas ruins que iriam acontecer?
02) Não faz nenhum sentido racional a ideia de um Deus lá no Céu vigiando suas criaturas na Terra.
03) No século XVIII, Lisboa, a cidade mais carola da Europa, foi totalmente destruída por um terremoto seguido de maremoto.
04) O Oriente Médio, berço das religiões monoteístas, vive constantemente em guerra.
05) Se Deus existisse, o Holocausto não teria acontecido, os judeus chegaram até a questioná-lo.
06) "Deus é uma ideia criada pelo homem para medir a nossa dor". (John Lennon).
07) Se Deus é perfeito e bom, por que permite a existência de pessoas deficientes e ruins?
08) Deus é uma arma usada pelos poderosos para controlar os subalternos.
09) O silêncio profundo de Deus é a prova mais contundente de que ele nunca existiu.
10) A consciência não é a voz de Deus, do contrário, não existiriam as barbaridades.
11) O Livre Arbítrio não existe porque Deus já sabe o que vamos fazer. Sendo assim, ninguém é responsável pelos seus atos.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

UMA GRANDE PALHAÇADA


A Grande Imprensa, que está nas mãos de famílias ricas, vem fazendo de tudo para tirar uma Presidenta do poder que foi eleita pelo povo.
De maneira descarada, chegando ao ponto do desrespeito para com a Dilma, ela [a Grande Imprensa] vem cotidianamente tentando minar o governo através do caso da Lava Jato, como se o PT [partido da situação] fosse o único culpado.
Pois é, como eles [os poderosos] não estão conseguindo muita coisa [com a Lavo Jato], resolveram virar o cano do canhão para a figura do Lula, questionando o seu enriquecimento e ignorando sempre o do rico.
Veja bem, O Globo desta segunda-feira trouxe bem no topo da primeira página: Oposição quer Lulinha na CPI. Requerimento para convocar o filho do Lula, alvo de denúncia, que deve ser analisado esta semana.
Meu caro e minha cara, não estou aqui defendendo ninguém, mas uma coisa é certa, se amanhã o PT deixar de existir, não se iluda, a corrupção vai continuar, porque ela [a corrupção] sempre esteve presente na nossa História. O problema é que antes ela não era investigada, tudo era por debaixo dos panos.
É fácil perceber porque resolveram denegrir a imagem do Lula, eles [os donos] estão com medo dele [o Lula] se candidatar à Presidência da República nas próximas eleições. Digo isto porque o seu carisma é muito forte junto ao povo. Está na cara que a intenção é esta. Eles sabem que o Lula representa uma ameaça muito grande. Do contrário não estariam fazendo esta palhaçada.

anibal werneck de freitas.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

INCONGRUÊNCIAS NAS RELIGIÕES


Não tenho a intenção de derrubar nenhuma religião. Muito pelo contrário. Eu só acho que deveríamos corrigir as incoerências que existem nelas. Veja bem, a Igreja recentemente agiu corretamente abolindo o Limbo. Não faz sentido um lugar propício para as criancinhas que morrem pagãs. Na verdade, os tempos mudaram, e muita coisa neste sentido não funciona mais. O Papa atual, por exemplo, já descartou a ideia de que ele é infalível. Apesar de representar Deus na Terra, é na verdade um homem igual aos demais, ou seja, tem suas virtudes e defeitos.
Só para você ter uma ideia, temos na Bíblia uma quantidade enorme de contradições. Por exemplo, Adão e Eva viveram, segundo o Cristianismo, mais ou menos 4.000 anos antes de Cristo. Iniciando assim a humanidade. Agora veja a incongruência. Neste período, o Egito já era uma civilização fantástica. Segundo os arqueólogos, o homem surgiu cerca de um milhão de anos atrás. Antes dele, existiram os dinossauros, (65 milhões de anos atrás). Está tudo aí comprovado pelos fósseis expostos nos museus. No entanto, a bíblia mostra que no início só existiam Adão e Eva. Depois surgiram os filhos, Caim e Abel. Pois bem, logo de cara, encontramos outra discrepância na história destes dois irmãos. Quando Caim matou Abel, Deus lhe disse: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse. Gênesis 4:15
Por que Deus falou deste jeito se naquela época, segundo a Bíblia, só existia a família de Adão?
Sendo assim, eu acho que as autoridades religiosas competentes deveriam corrigir estas disparidades.
Afinal, não custa nada e não põe em risco a integridade das religiões.
A religião tem que agir como a ciência, ou seja, ter a humildade de reconhecer seus erros.

anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

QUESTIONANDO SEMPRE

O massacre da noite de São Bartolomeu ou a noite de São Bartolomeu, foi um episódio da historia da França na repressão aos protestantes na França pelos reis franceses, que eram católicos. Esses assassinatos aconteceram em 23 e 24 de agosto de 1572, em Paris, no dia de São Bartolomeu.

Não sou o dono da verdade. Como já mencionei, sou um livre pensador. Pois bem, o que me traz a este texto é o seguinte. Sob o meu ponto de vista, eu vejo mais lógica na reencarnação comparando-a com a ressurreição. Veja bem, eu posso ser um espírito encarnado, alguém que já teve outras vidas. Já a ressurreição, fica mais difícil aceitá-la. Imaginar um corpo em estado de putrefação, adquirindo vida, é, realmente, inverosímil.
É neste ponto que vejo a incoerência no Espiritismo em aceitar Jesus como o seu principal guia, uma vez que ele é um ressuscitado. Se fosse um deus, poderíamos dar um desconto. Acontece que para o Espiritismo, a Santíssima Trindade não existe, portanto, Jesus é apenas um ser iluminado.
Mas o problema maior está no fato de que a França do século de Kardec era muito católica e, deste modo, o autor do Livro dos Espíritos, resolveu fechar o seu trabalho na figura de Jesus para dar uma satisfação à Igreja. Do contrário, sua obra não iria adiante. Tamanha era a perseguição dos católicos aos não católicos, imagine o que poderia acontecer a uma doutrina sem uma presença cristã. Basta lembrar da fatídica Noite de São Bartolomeu.

anibal werneck de freitas.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

ANDINHO (PARA SEMPRE)



23 anos sem o Ânderson Panza (para sempre), o amigo e parceiro de viola e festivais de música em Pirapetinga(MG). 
Jovem ainda, partiu de maneira trágica num domingo de 2 de agosto de 1992, num acidente de moto, entre Ribeiro Junqueira e Leopoldina(MG). 
Quando o Celso Lourenço e o Sinval chegaram à minha casa, dando a notícia do seu passamento, infelizmente, eu já sabia do ocorrido, através do meu sobrinho, Eric. 
Foi realmente muito triste. O Andinho, como gostava de ser chamado, cantava e compunha com muito sentimento, era a sua vida, e, por isso mesmo, era muito cortejado pelas garotas, praticamente um galã, todavia, o que fazer, o destino quis assim, e, deste modo, aqui está a minha simples e saudosista homenagem. 
Andinho, onde quer que esteja, valeu!

*Segue a gravação que fiz da música, Primavera Curió, de sua autoria e que fez muito sucesso num dos festivais de Pirapetinga, chamando até a atenção do pároco local, Pe. Waltency.

anibal werneck de freitas.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

TRILHOS TORTOS



O Trem de Ferro foi o meu primeiro susto na vida. Depois virou uma paixão. Tudo começou em Vista Alegre(MG). Eu era ainda um bebê de colo. Minha mãe conta que eu aprontei um berreiro daqueles. Foi mais ou menos assim: Meus pais aproveitavam a parada do trem, numa loja de frente à estação ferroviária. De repente, uma locomotiva estava chegando e foi o bastante para me assustar. Com muito custo, eles conseguiram me calar, com biscoitos e um gatinho de louça.
Daí pra frente, o trem passou a fazer parte dos meus pesadelos. Todavia, o mais interessante é que uma paixão se desenvolveu muito forte em relação a este meio de locomoção. O trem tem qualquer coisa de romântico. Não sei porque, mas sempre me senti assim.
Quando tinha meus quarenta e poucos anos, comecei a ter um pesadelo terrível. Antes de contá-lo devo dizer que os meus sonhos sempre têm continuidade. Apesar da minha incredulidade, parece ser qualquer coisa relacionada às vidas passadas.
Pois bem, contando o pesadelo que prometi acima: Eu me encontrava sempre ensanguentado em meio à uma escuridão tétrica, pedindo por socorro. O interessante era que cada vez que ocorria este pesadelo, aparecia sempre um detalhe a mais. O pesadelo tinha uma sequência assustadora. A escuridão em que eu me encontrava começou a ficar menos espessa e assim passei a perceber que se tratava de um desastre. Nos pesadelos seguintes, comecei a ver a máquina e os carros totalmente deformados. E no meio daquela cena terrível, eu estava sempre ensanguentado e pedindo por socorro, andando com dificuldade entre os destroços. Deste modo, vi um rio que passava perto e na minha frente um vulto. Apavorado, perguntei: Onde estou?. A resposta veio em seguida num som stereo: Em Itaperuna, em Itaperuna!. Acordei assutado e depois disso nunca mais tive este pesadelo.
Agora, quanto à minha paixão pelo trem, eu a confirmo através das inúmeras músicas que eu fiz pra ele. Como prova, aí vai um vídeo de uma composição que relata a morte de um maquinista. 
Algo me diz que tem a ver comigo. São coisas que me deixam um tanto quanto perplexo.
No entanto, hoje, vejo a razão pela qual me assustei com o trem chegando na estação de Vista Alegre. Devido à pouca idade, eu ainda estava sob o impacto da morte, como maquinista, na minha vida anterior. É a única explicação racional que eu tenho.

anibal werneck de freitas.

domingo, 4 de outubro de 2015

O LIVRE PENSAR


Sou um livre pensador. Gostaria que todo mundo fosse assim, também. Se temos um cérebro, significa que ele foi feito para pensar. Eu não me conformo com as pessoas aceitando tudo aquilo que já vem pronto. 
Acredito que muita gente pensa como eu, mas tem medo de sair do armário. 
Admiro aqueles que proferem o que realmente sentem. Num futuro distante, eu acredito que a humanidade estará neste patamar do livre pensar. 
As religiões têm os seus valores no nível social, todavia, pecam na lavagem cerebral. Na verdade, elas não passam de criações do próprio homem. Cada uma tem uma visão diferente da outra.
O mundo evoluiu através do livre pensar. Do contrário, estaríamos ainda descobrindo a roda. 
A natureza está, paulatinamente, sempre evoluindo, porque ela tem a liberdade de se produzir, aleatoriamente. Não existe nada interceptando sua forma livre de ser.

anibal werneck de freitas. 

sábado, 3 de outubro de 2015

OS VENDILHÕES DO TEMPLO



Quando Roberto Carlos lançou a música Jesus Cristo, muita gente meteu o pau. Um absurdo, profanando Jesus, dizia a maioria dos religiosos. Hoje, padres, pastores e outros, ganham dinheiro em nome do mesmo e a situação é inversa. Até a Som Livre entrou na jogada. Sinal de que o negócio está dando muito dinheiro. A verdade é que os vendilhões do templo continuam firmes e fortes.

anibal werneck de freitas.