MAR DE MORROS

sábado, 24 de setembro de 2016

CANÇÃO LEGENDADA: 'LUA NUA' [anibal werneck de freitas]



O que sei fazer mais ou menos nesta vida é compor uma canção. Modéstia à parte, com muita coragem, vou postando o meu trabalho e tenho recebido até elogios, dando-me muito incentivo. Pois bem, agora é a vez de 'Lua Nua', que ficou em quarto lugar no festival de música de Laranjal-MG, cujo resultado fez um dos jurados [professor de literatura da Faculdade Santa Marcelina de Muriaé-MG] vir me parabenizar e dizer que a minha música estava em primeiro lugar e,  por motivos bairristas, pois eu representava Recreio-MG, ela foi parar no quarto.
É bom lembrar que esta música é sempre solicitada, quando pego no violão pra cantar, aliás, é a que mais cantei na minha vida.
Nesta gravação, o meu amigo e parceiro Celso Lourenço, faz um belíssimo arranjo no seu violão.

anibal werneck de freitas.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

A MAIS PURA VERDADE

Para a pintura, o tempo não faz o menor efeito contrário, aliás, quanto mais antiga, mais valor ela passa a ter. Já com a música popular, de forma injusta, o mesmo não acontece e assim, por puro preconceito, a gente ignora para não ser taxado de fora de moda ou coisa parecida. Mas, eu, que sou perseverante, estou sempre curtindo esta arte independente do tempo, principalmente as que eu fiz durante a minha vida. Sendo assim, pra quem quiser ouvir, aí vai mais uma.
Outra coisa, vasculhando o meu repertório, descobri que sempre fui um religioso incorrigível, por mais que eu tente ser o contrário, eu não consigo. A religiosidade sempre foi muito forte dentro de mim. Ouça esta canção que fiz em 1996 e você verá que estou dizendo a mais pura verdade.
anibal werneck de freitas.