MAR DE MORROS

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

CANÇÃO DE UM LUGAR - anibal, tenho tudo, 1988/1989



Quando fiz esta gravação, já era tarde da noite, hora em que os animais estão dormindo, no entanto, o galo do vizinho, como se obedecesse ao compasso da música, participou também da dita cuja, com o seu canto, valorizando mais ainda a melodia. Pois é, a natureza às vezes nos surpreende de maneira fantástica, deste modo, só ouvindo o vídeo, para constatar o que estou dizendo.
Devemos ter carinho para com os animais, eles são mais inteligentes do que a gente imagina.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário