MAR DE MORROS

HISTÓRIA DA MÚSICA EM RECREIO,MG

                                         O S     S E L E N I T A S

     Era o ano de 1967. Recreio estava sem música, coisa que não fazia jus a uma cidade que outrora fora o berço de bandas e orquestras que faziam sucesso em outras regiões.
     Pois bem, foi neste período triste e sombrio que surgiram quatro jovens amantes da música que através de seus ritmos revolucionários mexeram com a garotada da época, chegando a fazer coisas incríveis em termo de música com uma aparelhagem pobre.
     Tudo começou quando Anibal, Sebastião, Julinho e Roberto deram um show numa festa em Conceição da Boa Vista, promovido pelo antigo Colégio de Recreio (CNEC).
     Como já estavam com vontade de formar um conjunto,esta festa proporcionou o aparecimento de OS SELENITAS.
     Parece mentira, mas com um amplificador pequeno, montado em Recreio, com uma guitarra feita a mão, com dois violões, com uma bateria formada de antigas peças da ex-banda de Recreio e com muita garra estes jovens fizeram o impossível, arrancando um som daquela aparelhagem bizarra.
     Para vocês terem uma idéia, num período bastante curto da sua existência, OS SELENITAS tocaram duas vezes em Itapiruçu, quatro em Conceição da Boa Vista, inúmeras vezes em Recreio, duas em Angaturama, uma em Itamarati de Minas e uma em Santana de Cataguases.
     No início, os membros do conjunto foram Anibal, no contra-baixo ( violão ); Tião Motorzinho, no acompanhamento (violão); José Rosa, na guitarra solo; Roberto, na bateria e o Julinho no crooner.
     Com a saída de José Rosa, o conjunto entrou numa segunda fase com o solista Antonio Dias.
     Finalmente, na terceira maior e última fse, o conjunto teve como solista o Tião Motorzinho, além da entrada de Theotônio, no acompanhamento. Nesta fase final todos foram crooner.
     Quanto ao fim d'OS SELENITAS tenho pouco a dizer, pois nem é bom falar do fim daquilo que a gente tanto amou.
                            Anibal