MAR DE MORROS

sexta-feira, 15 de julho de 2016

ÊXTASE (Anibal Werneck & Armindo Torres) 2003



ÊXTASE, nenhuma alusão à droga e sim à beleza feminina, até porque esta música foi composta antes da chegada do alucinógeno no mercado. A gravação tem a minha interpretação, tocando violão, com o meu filho, Anibal, fazendo o solo na guitarra. Foi um momento importante no meu trabalho musical, no ano de 2003.

anibal werneck de freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário