quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

DA VOZ À FOZ



DA VOZ À FOZ (Anibal Werneck de Freitas) Meu canto não ficará / Perdido em pleno deserto, / Preciso e simples será/ Amigo, esteja bem certo! / Por mais que você tente / Calar a minha voz, / Como um rio correrei, / Forte da nascente à foz. / Este é o meu cantar, / Este é o meu tocar. / Como um rio a transbordar / Sua força para o mar! 

Voz e Violão, Anibal W. de Freitas
Percussão no teclado Anibal Machado W. de Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SENHORA DONA DA CASA - folia de reis