domingo, 27 de fevereiro de 2011

RE...E...LUZ [Anibal Werneck & Celso Lourenço]



RE...E...LUZ...  (Anibal Werneck - Celso Lourenço) Não! / Que a Terra não / Ouse sua luz reter. / Não! / Que a ausência não / Possa a falta adicionar. / Fração iluminada, / Razão divorciada. / Fração iluminada, / Razão divorciada. / Mas, a crescente cor, sim / A Estrela-Mor... agora / No céu re...e...luz, / Re...e...luz, re...e...luz, re...e...luz, re...e...luz... 

Voz & Violão, Anibal Werneck.
Guitarra & Bateria Eletrônica, Celso Lourenço.
Gravação de 1988.
Registro 62.896, Livro 18, Folha 058, UFRJ, 20/11/1990.


MÚSICA & LETRA

as duas não podem ficar separadas, são irmãs íntimas, em toda a minha vida nunca as separei, se uma está, a outra também, é o ofício ao qual me dedico de corpo e alma, não me importando se vai ser sucesso ou não, se vai sair na televisão, no rádio ou na internet, pra mim o mais importante é ajuntar as duas, e depois, cantá-las ao som de um instrumento, segundo schopenhauer, a música é a arte mais próxima de deus, lembrando-nos o coral dos anjos, acredito também ser uma linguagem universal, quando ouvimos uma música dos beatles, sentimos a mesma sensação de quem a está ouvindo do outro lado do planeta, e, como não estamos sozinhos neste universo, certamente, nosso encontro com os alienígenas será através da música, cada frase musical será uma mensagem, nietzsche vai mais longe quando diz, a música nos fala mais na alma do que as palavras, ela nos faz sentir coisas indizíveis, concordo plenamente, mas continuo na tecla de que letra & música é um verdadeiro casamento, como sempre proferia o poeta vinicius de moraes, as duas formam a canção, eu, por exemplo, fiz muitas a respeito de minha terra natal, ou seja, recreio, mg, a autenticidade é outra coisa muito importante na obra do compositor, conforme dizia a saudosa mercedes sosa, quando canto a minha aldeia estou cantando o meu país, a argentina.
que a nossa música chegue até às estrelas como mensagem de paz a todos os seres deste imenso universo.

anibal werneck de freitas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SENHORA DONA DA CASA - folia de reis